MATO GROSSO, 21 de Junho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,46 / EURO 5,85 / LIBRA 6,91

x da questão Quarta-feira, 02 de Junho de 2021, 09:25 - A | A

Quarta-feira, 02 de Junho de 2021, 09h:25 - A | A

DOENÇAS GRAVES

Fórum Sindical exalta aumento da isenção de INSS a aposentados

Redação

Imagem ilustrativa

 

O Conselho do MT Prev aprovou a isenção da contribuição da Previdência para os servidores aposentados e pensionistas com doenças graves no valor até dois tetos do INSS. Com isso, o Governo do Estado terá que enviar à Assembleia  projeto  assegurando o direito.

A proposta aprovada foi apresentada pelo gestor governamental Umbelino Carneiro Neves,   representante dos servidores do Executivo no Conselho do MT Prev. Já o Executivo queria isentar em somente um teto do INSS.

"Mais uma vitória do Fórum Sindical. O governo queria enviar mensagem apenas com a isenção até 1 teto do INSS. O representante dos servidores públicos do Poder Executivo no Conselho, que integra o Fórum Sindical, seguiu posição colegiada de não aceitar a proposta inicial", informa Gláucio de Abreu Castañon, presidente do Sindicato dos Investigadores da Polícia Civil (Sinpol) e um dos representantes do Fórum Sindical. Ele assegura que a meta agora é acompanhar o envio e tramitação da mensagem na Assembleia Legislativa. "Mas foi uma primeira vitória importantíssima", comemora. 

Com a decisão do Conselho do MT Prev, ficarão isentos da alíquota previdenciária de 14% um total de 658 aposentados com doenças raras como ELA e Doença de Crohn.  Como o teto do INSS está em 6,4 mil, serão beneficiados os inativos que recebem benefícios de até R$ 12,8 mil.

O Conselho do MT Prev é formado paritariamente por representantes patronais e dos servidores.

*Com informações do site Rdnews

 

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia