MATO GROSSO, 21 de Junho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,46 / EURO 5,85 / LIBRA 6,91

geral Segunda-feira, 03 de Maio de 2021, 16:56 - A | A

Segunda-feira, 03 de Maio de 2021, 16h:56 - A | A

SEM TEMOR

Região Centro-Oeste é a que menos tem medo da pandemia

Correio Braziliense

 

Moradores das regiões Centro-Oeste e Norte são os que menos têm medo da pandemia. Apenas 44% expressam temer o coronavírus. Enquanto quem vive no Sudeste é mais cauteloso (61%).  É o que aponta a Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), encomendada ao Instituto FSB.

Mulheres e ensino superior

A mostra aponta que 56% dos brasileiros estão com grande medo da pandemia. Esse sentimento é bem maior entre as mulheres (63%, ante 49% entre os homens) e entre quem possui ensino superior (66%). A pesquisa entrevistou 2.010 brasileiros entre 16 e 20 de abril.

Panorama nacional 

A situação da pandemia do coronavírus no Brasil é considerada grave ou muito grave para 89% dos brasileiros. De acordo com a segunda etapa da pesquisa “Os brasileiros, a pandemia e o consumo “ apenas 4% da população afirmam que a situação é nada grave.

A pesquisa mostra que 3 em cada 4 pessoas perderam alguém. Entre eles, mais da metade perdeu amigos, 25% se despediram de parentes e 15% tiveram colegas de trabalho mortos pela Covid-19.

Urgência na Vacinação 

 “Enquanto não houver uma vacinação em massa, a pandemia será motivo de grande preocupação para a população e continuará afetando o funcionamento das empresas, dificultando a esperada retomada da economia”, afirmou o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade.

Em recente encontro com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, Andrade colocou as estruturas do SESI e do SENAI à disposição do governo para ajudar a acelerar o processo de vacinação.

A pesquisa entrevistou 2.010 brasileiros entre 16 e 20 de abril.

 

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia