MATO GROSSO, 21 de Junho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,46 / EURO 5,85 / LIBRA 6,91

economia Quarta-feira, 23 de Junho de 2021, 11:47 - A | A

Quarta-feira, 23 de Junho de 2021, 11h:47 - A | A

GIGANTES CHINESAS

Empresas chinesas aumentam participação entre as marcas mais valiosas do mundo

Olhar Digital

 

Relatório anual divulgado pelo conglomerado inglês Kantar mostra que as empresas de tecnologia chinesas estão ganhando cada vez mais mercado no mundo. Segundo o estudo, o valor total das 100 marcas globais mais valiosas aumentou 42%, atingindo o recorde de US$7 trilhões, mostrando uma rápida recuperação diante da crise imposta pela pandemia.

No relatório intitulado ‘Brand Z’ libera o ranking a Amazon, seguida pela Apple, Google e Microsoft. O valor é calculado pelas ações das empresas negociadas no último ano. 

Arrancada chinesa no relatório top 100 marcas mais valiosas

O destaque do relatório divulgado nesta quarta-feira (23) é a arrancada das empresas chinesas de tecnologia, como os grupos Tencent, que controla o WeChat e Alibaba. Eles estão na quinta e sétima colocação entre as top 100, inclusive ficando a frente do Facebook, que figura na sexta colocação. 

O fenômeno chinês Tik Tok entrou na lista das marcas mais valiosas do mundo e já figura na posição 45, avaliado em US$45 bilhões. Imagem: Nattakorn_Maneerat / Shutterstock

 

O Tik Tok, a nova estrela chinesa que está bombando, conhecido como Douyin por lá, entrou na lista e já está na posição 45, sendo avaliado em US$ 45 bilhões. O e-commerce Pinduolo, outro fenômeno chinês, já está na colocação número 81 e vale US$ 22 bilhões, demonstrando o boom das vendas online. 

No total das empresas divulgadas pelo relatório, os Estados Unidos ainda dominam com 56 companhias na lista contra 18 chinesas, mas o crescimento chinês foi bem maior em comparação às edições anteriores, sendo um ponto favorável na disputa entre ambos os países.    

Gigantes da tecnologia

Mais uma vez, a Amazon de Jeff Bezos se manteve na primeira posição, sendo a mais valiosa do mundo, com um crescimento de 64%, orçada em US$ 684 bilhões. Somente em 2020, o valor de mercado da gigante da tecnologia aumentou US$ 268 bilhões, sendo uma potência que só cresce desde a primeira entrada no ranking, registrada em 2006. 

Ao lado da Apple, que está na segunda posição, a Amazon se tornou a primeira marca de meio trilhão de dólares. A Tesla do bilionário Elon Musk ficou na quadragésima sétima colocação, sendo a companhia que obteve o crescimento mais rápido. Hoje, a empresa é a marca mais valiosa de automóveis do mundo, com um aumento de 275%, passando a valer US$43 bilhões.  

Estreantes no ranking das marcas top 100 

Neste ano, 13 novas empresas estrearam no ranking das mais valiosas do mundo. Entre elas, estão a Nvidia, que ficou na décima segunda posição, avaliada em US$105 bilhões, Zoom, AMD e Spotify. 

O estudo concluiu ainda que o bom resultado é fruto das empresas que fazem investimentos estratégicos a longo prazo, principalmente em marketing e construção de marca, pontos essenciais que garantiram a melhora mesmo diante da pandemia.  

 

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia