MATO GROSSO, 21 de Junho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,46 / EURO 5,85 / LIBRA 6,91

x da questão Sábado, 08 de Junho de 2024, 08:55 - A | A

Sábado, 08 de Junho de 2024, 08h:55 - A | A

LUTO NA IMPRENSA

Rondonópolis tem luto de três dias pela morte de jornalista

Redação

 

1

 

 

O prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio (PSB), decretou luto de três dias no município pela morte do jornalista Mário Marques de Almeida. Ele  morreu na tarde de sexta-feira (7), aos 76 anos, depois de ficar 30 dias internado na UTI  de uma uma unidade hospital, em Cuiabá, com complicações renais. O velório acontece na capela Jardins, na capital, e o sepultamento ocorrerá na tarde deste sábado (8), no cemitério Bom Jesus de Cuiabá.

 

"Mário Marques foi, pra mim, um conselheiro, um amigo, alguém que podia contar em todas as horas. Era totalmente identificado com Rondonópolis", lamentou o prefeito Zé Carlos do Pátio. Ele fez questão de interromper compromissos na cidade para, juntamente com a esposa, a suplente de deputada federal Neuma Moraes, e os filhos Carlinhos, Marcelo e Matheus, acompanhar o velório em Cuiabá. 

 

Nos últimos anos, Mário prestava serviço à Secretaria Municipal de Governo, onde ocupava o cargo de Chefe do Escritório de Representação da Prefeitura de Rondonópolis na capital. 

 

"A sua morte deixa uma lacuna na imprensa rondonopolitana e mato-grossense. Ele deixa um legado de trabalho e dedicação ao jornalismo raiz e à comunicação com um todo", traz nota oficial da prefeitura de Rondonópolis. 

 

Mário Marques teve uma longa trajetória no jornalismo em Mato Grosso. Foi secretário estadual de Comunicação, no governo Carlos Bezerra, além de ter comandado a comunicação das prefeituras de Cuiabá e Rondonópolis. Nos últimos anos, se dedicava à consultorias, bem como na conduçao do jornal Página Única.

 

Manifestações

 

 

A morte do jornalista levou váriais lideranças políticas a se manifestarem nas redes sociais.

 

“Neste momento de dor, nos solidarizamos com a família, amigos e colegas de profissão de Mário Marques de Almeida, um grande conhecedor do marketing político. Que seu trabalho e dedicação sejam sempre lembrados e que sua memória inspire futuras gerações de comunicadores”, declarou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.

 

"Eu e minha esposa, Virginia, lamentamos o falecimento do jornalista Mário Marques. Pedimos que Deus possa confortar todos os familiares e amigos nesse momento de grande perda", manifestou Mauro Mendes.

 

"Pioneiro no Jornalismo Político, ele viveu de perto muitas histórias, atuou na cobertura das eleições, assim como também foi marketeiro de vários políticos. Neste momento de dor, me solidarizo com a família do jornalista e espero que Jesus conforte o coração dos amigos e familiares", comentou o deputado Eduardo Botelho, presidente da Assembleia Legislativa.

 

“Sua ausência será sentida, mas seu legado e as lembranças dos momentos compartilhados continuarão a nos inspirar. Descanse em paz, Mário”, disse o deputado estadual Wilson Santos.

 

 

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia