MATO GROSSO, 19 de Junho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,43 / EURO 5,84 / LIBRA 6,91

x da questão Sexta-feira, 16 de Abril de 2021, 11:47 - A | A

Sexta-feira, 16 de Abril de 2021, 11h:47 - A | A

LUTO NA PROMOTORIA

Promotor Célio Fúrio morre após contrair Covid-19; Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro lamentam

G1 MT

Célio Fúrio passou 20 dias internado em tratamento contra a Covid-19

 

O promotor do Ministério Público Estadual (MPE), Célio Fúrio, de 56 anos, morreu nesta sexta-feira (16), em um hospital de São Paulo, durante tratamento contra a Covid-19. Fúrio estava internado desde o dia 24 de março.

A princípio ele tinha sido internado em um hospital particular em Cuiabá e, cinco dias depois, foi transferido para São Paulo, onde foi intubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O promotor tinha problemas cardíacos.

Governador postou mensagem lamentando a morte de promotor — Foto: Facebook/Reprodução

Governador postou mensagem lamentando a morte de promotor — Foto: Facebook/Reprodução

 

O governador Mauro Mendes (DEM) postou uma mensagem no Facebook dele dizendo que "Célio deixa um legado de honestidade, de combate à corrupção e luta pelo bom uso do dinheiro público. Foi um incansável fiscal da lei."

Em nota, o presidente da Associação Mato-Grossense do Ministério Público (AMMP), Rodrigo Fonseca Costa, lamenta a morte do colega.

 

"A todos os familiares e amigos endereçamos a nossa solidariedade e condolências. Desejamos força, coragem, muita união, e pedimos a Deus conforto nesse momento de luto", diz.

 

Célio Fúrio atuava na 35ª Promotoria de Justiça do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público de Cuiabá.

Em nota divulgada pelo Ministério Público Estadual (MPE), o procurador-geral de Justiça José Antônio Borges Pereira diz que todos estão abalados e tristes.

 

"Estamos profundamente abalados e tristes com a perda do nosso colega e amigo Célio Fúrio. O momento é de dor, de luto e de muita tristeza. Vivemos uma situação de pandemia muito difícil. Que tenhamos fé e esperança por dias melhores e sabedoria para lidarmos com tantas perdas”, declarou.

 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), também manifestou pesar pela morte do promotor.

 

“A Justiça sofre uma grande perda e Mato Grosso deixa de contar com a atuação de um profissional ético, empenhado e justo em suas decisões", diz o prefeito.

 

Ele deixa a mulher e dois filhos.

O promotor de Justiça Célio Fúrio ingressou no Ministério Público do Estado de Mato Grosso em 1992. Atuou nas comarcas de Água Boa, Tangará da Serra, Rondonópolis, Várzea Grande e em Cuiabá.

 

 

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia