MATO GROSSO, 21 de Junho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,46 / EURO 5,85 / LIBRA 6,91

turismo Segunda-feira, 10 de Junho de 2024, 06:00 - A | A

Segunda-feira, 10 de Junho de 2024, 06h:00 - A | A

TEM BRASILEIROS

Os 11 restaurantes da América Latina entre os melhores do mundo

Redação

 

Divulgação

1

O peruano Mitsuharu "Micha" Tsumura lidera o latino mais bem colocado na lista

 

 

culinária latino-americana, como sempre, continua entre as melhores do mundo.

 

É o que demonstra a lista dos 50 Melhores Restaurantes do Mundo elaborada anualmente com base nas avaliações de dezenas de especialistas da organização 50 Best (50 melhores).

 

Lançada na quarta-feira (05/06) em Las Vegas, a lista 2024 é encabeçada pelo restaurante Enjoy, de Barcelona, ​​na Espanha, que apresenta “pratos imaginativos executados com excepcional habilidade técnica e servidos da forma mais lúdica possível”, segundo os jurados.

 

Seguem-se Asador Etxebarri (Espanha), Table by Bruno Verjus (Paris) e Diverxo (Madrid), conhecidos pela grande variedade de sabores e pela "experiência" oferecida nas refeições.

 

 

O primeiro latino americano aparece em 5º lugar. Entre os 11 latinos na lista, há dois brasileiros.

 

Veja abaixo quais são eles.

 

5º - Maido, em Lima (Peru)

 

Assim como no ano passado, o restaurante Maido, em Lima, no Peru, aparece como o mais bem avaliado da América Latina.

 

“Este elegante restaurante localizado no bairro de Miraflores, em Lima, foi inaugurado em 2009 pelo apreciado chef Mitsuharu ‘Micha’ Tsumura. O carismática Micha combina técnicas japonesas e ingredientes peruanos na culinária", diz a publicação.

 

O prato denominado “O Triplo” é um dos mais bem avaliados.

 

“Uma combinação de abacate, ovos, tomate e chashu (barriga de porco em estilo japonês); e caracóis com shoyu (molho de soja), frutos do mar, com espuma de pimenta amarela."

 

Como reconhecimento especial, o chef Micha foi eleito pelos seus pares como o vencedor do Estrella Damm Chefs' Choice Award deste ano.

 

Restaurante com cadeiras verdes decorado com cordas no teto

CRÉDITO,DIVULGAÇÃO/ O Maido fica no bairro de Miraflores, em Lima

 

7º - Quintonil, Cidade do México (México)

 

E em outro bairro da moda, mas na Cidade do México, o restaurante Quintonil do chef Jorge Vallejo e sua esposa, Alejandra Flores, volta a representar a culinária mexicana nas primeiras posições.

 

“Quintonil é o local ideal para quem procura ingredientes locais frescos e sabores tradicionais mexicanos”, observa a publicação.

 

Os destaques são os tamales de pato pibil com creme de milho, ou o panucho de rabo de boi, entre outros.

 

Prato de comida muito bonito

CRÉDITO,DIVULGAÇÃO / No Quintonil, a apresentação dos pratos é um destaque

 

10º - Don Julio, Buenos Aires (Argentina)

 

Também no top 10 está o Don Julio, restaurante de Buenos Aires que originalmente era uma churrascaria de bairro e cresceu graças ao chef Pablo Rivero.

 

“Hoje, o restaurante familiar representa a Argentina nos maiores palcos gastronômicos com a paixão incomparável de Rivero pela agricultura orgânica e pelos produtos locais”, destaca a lista.

 

Além do requintado preparo de carnes, o local é apreciado por seu acervo de mais de 14 mil garrafas de vinho argentino.

 

Carne, batatas fritas e prato com algo laranha vistos de cima

CRÉDITO,DIVULGAÇÃO / O Don Julio fica em Palermo, em Buenos Aires

 

16º - Kjolle, Lima (Peru)

 

A culinária peruana volta a aparecer na lista com Kjolle, liderado pela chef Pía León.

 

Essa casa é marcada por “preservar sabores naturais apresentando pratos com alto nível de pesquisa e testes, mas os produtos são sempre reconhecíveis e nunca manipulados excessivamente, com o mínimo desperdício possível .”

 

O prato número um é composto por fatias torradas amarelas e vermelhas de uma raiz andina semelhante à batata, unidas por uma pasta cremosa de “oca”, que é um tubérculo das montanhas peruanas.

 

É servido sobre uma torta de massa “cañihua”, que é um cereal semelhante à quinoa.

 

Potinhos com diferentes tipos de petisco

CRÉDITO,DIVULGAÇÃO / o Kjolle fica no bairro costeiro de Barranco, em Lima

 

25º - El Chato, Bogotá (Colômbia)

 

A culinária colombiana também está presente na lista deste ano com o bistrô El Chato, do chef Álvaro Clavijo.

 

“Clavijo explora rotineiramente seu país em busca de novos produtos para incluir em menus sazonais à la carte e degustação, que podem incluir pratos como coração de frango com batata nativa cristalizada e um condimento à base de leite fermentado.”

 

Também foram reconhecidos os mexilhões com arroz de coco e mandioca e a lagosta com tamarindo e formiga culona.

 

Prato de comida com legumes,  folhinhas e um molho

CRÉDITO,DIVULGAÇÃO / O El Chato é dirigido por Álvaro Clavijo

 

27º - A Casa do Porco, São Paulo (Brasil)

 

A culinária brasileira é representada na lista pela A Casa do Porco, no centro de São Paulo.

 

O restaurante não aceita reservas e tem sempre uma longa fila de espera na porta nos fins de semana.

 

Dirigido pelos chefs Jefferson Rueda e Janaína Torres, a casa serve (como o nome diz) variações de carne de porco "do focinho ao rabo".

 

Há seleções de embutidos, curados e defumados, sanduíches, entradas e pratos principais que variam entre R$ 40 e R$ 250. Há também um menu degustação.

 

O carro chefe da casa é o Porco San Zé, um porco cozido lentamente por entre 6 e 9 horas e servido com acompanhamentos típicos brasileiros.

 

Entrada com linguiça e algumas folhinhas aromáticas

CRÉDITO,DIVULGAÇÃO / A Casa do Porco tem menu a la Carte e menu degustação

 

29 - Boragó, Santiago (Chile)

 

Boragó, do chef Rodolfo Guzmán, é celebrado por seus pratos “visualmente impactantes e incrivelmente sabrosos”.

 

Mas também pela sua sustentabilidade, ao escolher ingredientes locais.

 

Entre os pratos está o filé de tomate Maule rosa com uvas e frutos silvestres e o caranguejo real com creme de zanahoria marina, uma erva aromática local.

 

Prato com comida e flores rosas choque

CRÉDITO,DIVULGAÇÃO / Este prato do Borogó tem flores comestíveis

 

33º - Pujol, Cidade do México (México)

 

Já regular nesta lista é Pujol, do chef Enrique Olvera na Cidade do México.

 

O estabelecimento oferece receitas tradicionais mexicanas, mas com um toque moderno e elegante, segundo os críticos.

 

“Os pratos coloridos e elegantes mudam diariamente e podem incluir um tipo de ceviche e um apetitoso taco de atum”.

 

Cumbuca com folhas e uma fumaça

CRÉDITO,DIVULGAÇÃO / O pujol oferece receitas tradicionais mexicanas

 

34º - Rosetta, Cidade do México (México)

 

A renomada chef Elena Reygadas dirige o Rosetta na Cidade do México, um restaurante que passou de servir massas a se reinventar como “uma culinária focada no México com uma reinterpretação de pratos tradicionais”.

 

Seu prato exclusivo é um taco de pistache preparado com folhas de couve em vez de tortilla de milho.

 

Prato com fatias finas de legumes e um molho rosa

CRÉDITO,DIVULGAÇÃO / O Rosetta é comandado pela chef Elena Reygadas

 

37º - Oteque, Rio de Janeiro (Brasil)

 

O Oteque fica no badalado bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro

 

“É um templo brasileiro de frutos do mar”, dirigido pelo chef Alberto Landgraf, segundo a edição deste ano da premiação.

 

Os ingredientes frescos são os protagonistas.

 

Uma sardinha em conserva com foie gras cru e brioche, uma suculenta ostra cozida no vapor com pele de porco e caldo de osso de porco e uma sobremesa de sorvete de castanha do Pará são os pratos que se destacam.

 

Ostras com um mollho branco em um prato

CRÉDITO,DIVULGAÇÃO / O Oteque foi descrito como um "templo dos frutos do mar"

 

41º - Mayta, Lima (Peru)

 

Com nove pratos que atraem clientes de todo o mundo, o Mayta é o último dos restaurantes latino-americanos desta lista.

 

O chef Jaime Pesaque oferece criações como Milho com tarwi (feijão andino) e flor de quinoa e um costela com favas que são “imperdíveis”, segundo os críticos.

 

Lagosta em um prato decorado

CRÉDITO,DIVULGAÇÃO / Frutos do mar também são destaque no Mayta

 

*BBC News Brasil

 

 

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia