23 de Julho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,57 / EURO 6,07 / LIBRA 7,20

geral Segunda-feira, 17 de Junho de 2024, 06:00 - A | A

Segunda-feira, 17 de Junho de 2024, 06h:00 - A | A

"SAFADA DA CNH"

Motorista será indenizada após ter nome trocado por "safada" na CNH

Redação

 

Reprodução

1

 

 

Motorista que teve seu nome na CNH alterado para "safada" e o sobrenome do pai, que foi assassinado, modificado para "defunto", deve ser indenizada em R$ 12 mil. A decisão é da juíza de Direito Flávia Cristina Zuza, do juizado especial da Fazenda Pública de Goiânia/GO.

 

As informações são do jornal G1.

 

O caso

 

Na época com 18 anos, a motorista descobriu os xingamentos ao pegar o documento para pagar as taxas e obter a CNH definitiva. Além do nome ofensivo, o sobrenome do pai também havia sido alterado para "defunto".

 

A jovem procurou uma delegacia e registrou um boletim de ocorrência do fato, suspeitando que a adulteração fosse obra de alguém conhecido, já que seu pai havia sido assassinado em abril de 2023, configurando uma tentativa de ridicularizá-la.

 

Diante dos fatos, a motorista entrou com uma ação judicial contra o Detran-GO, solicitando indenização por danos materiais e morais.

 

(Imagem: Arquivo pessoal/Estudante - Reprodução G1)

1

Motorista será indenizada após ter nome trocado por "safada" na CNH.

 


Ao analisar o caso, a magistrada acolheu o pedido da motorista, condenando o Detran/GO e o Estado de Goiás ao pagamento de R$ 12 mil.

 

Na decisão, a magistrada observou que, após tomar conhecimento das adulterações, o Detran retirou as ofensas dos nomes da motorista e do pai dela. No entanto, destacou que a autarquia é responsável por alimentar e fiscalizar o sistema, e que a adulteração violou a imagem e a dignidade da jovem.

 

Providências

 

Em nota, o Detran/GO e a Procuradoria-Geral do Estado de Goiás afirmaram que vão adotar as providências pertinentes no processo judicial.

 

O número do processo não foi divulgado.

 

*Via Migalhas

 

 

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia