14 de Julho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,43 / EURO 5,93 / LIBRA 7,05

geral Sexta-feira, 26 de Março de 2021, 21:06 - A | A

Sexta-feira, 26 de Março de 2021, 21h:06 - A | A

COVID-19 EM MT

Colegiado define distribuição de 54,9 mil doses de vacina; Resolução ignora policiais

Redação

- Foto por: Michel Alvim - SECOM/MT

Mato Grosso recebe mais 54,9 mil doses de vacinas Coronavac e AstraZeneca

 

A Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT) aprovou resolução que estabelece a distribuição, o armazenamento e a aplicação das 54.900 mil doses de vacina contra a Covid-19, sendo 42 mil doses da CoronaVac e 12,9 mil doses da AstraZeneca, recebidas nesta sexta-feira (26.03).

A logística de distribuição aos municípios já foi iniciada. A CIB é composta por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

Conforme orientação do Ministério da Saúde, as unidades desta nova remessa da AstraZeneca deverão ser utilizadas como primeira aplicação aos povos e comunidades tradicionais quilombolas e idosos entre 65 e 69. As unidades da CoronaVac contemplarão trabalhadores da saúde e idosos entre 65 e 74 anos.

Os municípios deverão acompanhar os imunizados com a primeira dose para que esses possam receber prioritariamente a segunda dose dentro do período estipulado. Para a vacina CoronaVac, o prazo para a aplicação da segunda dose varia entre 14 e 28 dias; já o prazo da aplicação da segunda dose da AstraZeneca é de até 84 dias.

A Resolução nº 18 também pactua a distribuição de 610 doses remanescentes de Coronavac, que foram recebidas em remessas anteriores e mantidas como estoque estratégico. 

Caso os municípios alcancem a completa vacinação dos públicos-alvo estabelecidos para a imunização, a CIB orienta a continuidade da imunização dos demais públicos elencados pelo Ministério da Saúde.

Após a distribuição dos imunizantes aos municípios, as vacinas deverão ser armazenadas conforme as condições estabelecidas pela fabricante e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e com o apoio da segurança pública.

A aplicação das doses deve ser obrigatoriamente registrada pelos municípios no Sistema Nacional do Programa de Imunização (SI-PNI), do Ministério da Saúde.

Até o momento, Mato Grosso já recebeu 447.960 doses de imunizantes contra a Covid-19.

Policiais

Durante a semana o governador Mauro Mendes (DEM) admitiu que está articulando junto ao Ministério da Saúde a inclusão de todos os profissionais da segurança pública no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19.

Caso o pleito não seja atendido, uma resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB-MT) deveria incluir profissionais das Polícias Militar, Civil e Penal nos grupos a serem imunizados contra o novo coronavírus.

Confira a seguir, anexado, quantas doses cada município vai receber.

 

*Com assessoria

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia