23 de Julho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,57 / EURO 6,07 / LIBRA 7,20

geral Quarta-feira, 10 de Julho de 2024, 06:00 - A | A

Quarta-feira, 10 de Julho de 2024, 06h:00 - A | A

LINGUA MURA

A língua mais difícil do mundo é falada no Brasil, segundo especialista

Redação

 

Foto: Reprodução (www.daneverettbooks.com)

1

Assobios também são uma forma de comunicação, principalmente em expedições pelos rios e matas

 

 

Considerada a única língua viva do tronco linguístico Mura, a língua mais difícil do mundo é falada pelo povo Pirahã (ou Pirarrã), que vive no sul do Amazonas. Toda a comunicação se baseia em apenas três vogais e seis consoantes. Além disso, o único tempo verbal empregado é o presente e não há substantivos no singular ou plural.

 

Os Pirahã não possuem um sistema numeral, não diferenciam cores (apenas "mais claro" ou "mais escuro") e não possuem nenhum deus ou mitologia, pois acreditam que o universo, o céu e a Terra sempre existiram. Eles não crêem em nada que não possa ser provado, visto ou sentido.

 

 

Uma das principais características do idioma, que é falado por cerca de 400 indígenas que vivem às margens do Rio Maici, é a quantidade mínima de fonemas. São utilizadas apenas as vogais A, I, O e as consoantes G, H, S, T, P e B.

 

Os Pirahã são considerados monolíngues, ou seja, em sua estrutura social falam apenas um único idioma, além de serem seminômades, migrando de região esporadicamente.

 

Segundo registros do Instituto Socioambiental (ISA), a língua é classificada como tonal e, por isso, podem gerar modos de comunicação específicos, como por meio de gritos e assobios, principalmente quando os indígenas estão em expedição por rios ou matas.

 

O "falar-comendo" também é uma possibilidade de estabelecer comunicação por meio dos tons, assim, enquanto mastigam, os indígenas podem continuar conversando. É importante mencionar que a entonação é fundamental, pois algumas palavras têm o mesmo significado - o que as difere é a maneira de pronunciá-las. 

 

A pronúncia de muitos fonemas depende de quem fala, havendo, por exemplo, uma sétima consoante (parecida ao K) somente para os homens. Aliás, alguns homens podem se expressar em português, mas as mulheres devem falar apenas pela língua pirarrã.

 

Foto: Wikimedia Commons

1

Espelho do rio Maici, no sul do Amazonas, onde o povo Pirahã vive

 


A cultura linguística Pirahã foi tema do documentário "The grammar of hapiness" ("A gramática da felicidade"), de 2012, que narra as pesquisas do linguista estadunidense Daniel Everett com o povo.

 

Em 2016, Rolf Theil, professor de linguística da Universidade de Oslo, confirmou: "A língua mais difícil do mundo é sem dúvida o pirahã". Segundo especialistas, devido à complexidade o aprendizado da língua demoraria cerca de 10 anos para uma pessoa com uma memória média.

 

*Via Terra

 

 

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia