MATO GROSSO, 13 de Junho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,41 / EURO 5,84 / LIBRA 6,92

esporte Quarta-feira, 23 de Junho de 2021, 20:13 - A | A

Quarta-feira, 23 de Junho de 2021, 20h:13 - A | A

MAIS UM PONTINHO

Cuiabá vira jogo, mas acaba sofrendo empate com São Paulo

Terra

 

O São Paulo bem que tentou, mas não foi desta vez que saiu de campo com a primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Recebendo o Cuiabá na noite desta quarta-feira, no Morumbi, pela sexta rodada da competição, o Tricolor saiu na frente, sofreu a virada, mas acabou saindo de campo com o empate em 2 a 2. Benítez e Gabriel Sara balançaram as redes para os donos da casa. Rafael Gava e Elton marcaram os gols dos visitantes. 

Contando com o retorno de Daniel Alves, que entrou no segundo tempo, o técnico Hernán Crespo tinha esperanças de que pudesse, enfim, acabar com esse incômodo jejum de vitórias, mas não teve jeito. Embora o São Paulo tenha jogado melhor que nos últimos compromissos pelo Brasileirão, novamente o resultado positivo não veio.

O Tricolor volta a entrar em campo no próximo domingo, contra o Ceará, fora de casa. O Cuiabá, por sua vez, enfrenta o Sport Recife, em Pernambuco.

O jogo 

Determinado a sair de campo com a primeira vitória no Campeonato Brasileiro, o São Paulo por pouco não abriu o placar logo aos 12 minutos. Benítez cobrou escanteio, e Gabriel Sara subiu mais alto que a defesa do Cuiabá para cabecear firme, carimbando o travessão. Depois, foi a vez de Rigoni experimentar de fora da área, levando para dentro e batendo cruzado, mas o goleiro Walter fez a defesa sem maiores problemas.

Procurando a todo momento o gol, Martín Benítez, enfim, conseguiu estufar as redes no Morumbi aos 17 minutos. Orejuela tocou para Rigoni, Benítez fez o corta-luz e se projetou para receber, dentro da área, saindo na cara do gol e batendo firme para abrir o placar.

Mas, a alegria dos são-paulinos durou pouco. Aos 23, o Cuiabá chegou ao empate. Após cobrança de escanteio, a defesa tricolor afastou, mas a bola bateu no calcanhar de Benítez e sobrou para Marllon, que ajeitou para Rafael Gava. O camisa 8 chegou batendo de primeira, mandando no ângulo de Tiago Volpi, que se esticou todo para tentar fazer a defesa, sem sucesso.

E quando os torcedores tricolores achavam que a situação não poderia piorar, o jogo ficou ainda mais difícil. Aos 38 minutos, após cobrança de escanteio do São Paulo, o Cuiabá saiu em contra-ataque. Rafael Gava recebeu lançamento e fez o cruzamento da direita, mandando na cabeça de Elton, que completou no cantinho, rasteiro, para virar a partida.

Só que o São Paulo também não estava disposto a ir para o intervalo em desvantagem. Aos 42 minutos, Rigoni recebeu na direita e cruzou na medida para Gabriel Sara, que já havia carimbado o travessão, cabecear certeiro, deixando tudo igual no Morumbi.

Segundo tempo

Se no primeiro tempo as duas equipes produziram bastante ofensivamente, na etapa complementar não se pôde dizer o mesmo. O São Paulo continuou se jogando para o ataque em busca do gol que lhe garantisse a vitória, mas o Cuiabá se manteve bem postado na defesa para evitar qualquer risco de derrota.

Ainda assim, logo no primeiro minuto o Tricolor levou perigo à meta do goleiro Walter. Benítez recebeu de Rigoni e soltou a bomba de fora da área, forçando o arqueiro do Cuiabá a fazer boa defesa.

Depois disso o São Paulo só voltou a ameaçar aos 25 minutos, quando Benítez tabelou na entrada da área e bateu por cima do gol. Com a entrada de Vitor Bueno na vaga de Eder, o time comandado por Hernán Crespo ganhou um novo fôlego no ataque, e foi exatamente com o camisa 12 que a melhor oportunidade do segundo tempo aconteceu. Aos 29, Liziero fez longo lançamento para o meia-atacante, que arrancou e bateu de primeira, carimbando a trave.

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia