14 de Julho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,43 / EURO 5,93 / LIBRA 7,05

geral Quarta-feira, 09 de Junho de 2021, 11:09 - A | A

Quarta-feira, 09 de Junho de 2021, 11h:09 - A | A

AGRICULTURA, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

Treinamento para pilotagem de drone deve contribuir para melhoria no mapeamento de área rural de Cuiabá

Assessoria

Reprodução

bf204c1f94d26224b37a64aefc017b04.jpg

 

Técnicos da Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico participam esta semana, nos dias 07, 08 e 09 de curso de operação de aeronave remotamente pilotada drone – asa rotativa, ministrado pelo Senar, sem custo para o município de Cuiabá. A preparação dos 15 servidores deve colaborar para melhoria do mapeamento da zona rural, identificando as necessidades da região para implantação de políticas públicas direcionadas, como o Agro da Gente.

“Mais do que inaugurar obras de infraestrutura, estamos investindo nas pessoas, em capital humano. Investindo na nossa gente, nos nossos servidores para ofertar o melhor serviço ao povo de Cuiabá. Esta é a gestão humanizada que praticamos desde o primeiro mandato e que vamos praticar até meu último dia a frente do Palácio Alencastro”, disse o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro.

O equipamento para manuseio foi cedido pela Receita Federal. Está é a segunda equipe em formação para pilotagem de drone na Pasta, a primeira certificou 10 servidores. O secretário de Agricultura, Francisco Vuolo fez questão de agradecer aos órgãos parceiros e ressaltar a importância de se acompanhar as mudanças tecnológicas para o aprimoramento na execução dos trabalhos.

“A gestão Emanuel Pinheiro está sempre buscando qualificar os servidores para oferecer o melhor serviço para a população. Este é um curso da melhor qualidade, oferecido gratuitamente pelo Senar, com um equipamento como o drone Fanton que também é da melhor qualidade. Quero agradecer aos parceiros, ao Senar, a Receito Federal de Mato Grosso em nome do delegado Odésio Anhesini e ao chefe de logística Nilton Lourenço, agradecer ao Sindicato Rural por nos ceder o espaço de realização do curso e dizer que esta capacitação vai fazer a diferença na execução dos trabalhos na zona rural, no mapeamento das áreas e levantamento de dados técnicos que subsidiam as políticas públicas direcionadas ao campo”, disse Vuolo.

O curso tem carga horário de 24h, 8h por dia e é ministrado pelo instrutor de operação de drone do Senar, Paulo Roberto de Oliveira Filho. Nos três dias de formação, Paulo apresenta aos alunos conceitos de operação, legislação, cuidados com o equipamento, voo manual e automatizado. O curso é composto por aulas teóricas e práticas.

“O que diferencia um bom piloto de um mal piloto é a atenção aos detalhes. O drone tem muitas funções para se evitar uma queda e é a atenção aos detalhes que vai determinar sua durabilidade. Investir na formação dos pilotos, no capital humano é a forma correta de garantir a durabilidade do equipamento e um voo seguro e é isso que a Prefeitura de Cuiabá está fazendo, em parceria com o Senar”, disse Paulo.

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia