MATO GROSSO, 21 de Junho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,46 / EURO 5,85 / LIBRA 6,91

economia Sexta-feira, 28 de Maio de 2021, 08:55 - A | A

Sexta-feira, 28 de Maio de 2021, 08h:55 - A | A

ECONOMIA

Indústrias em MT devem crescer na próxima década mais do que os últimos 20 anos, avalia Fiemt

G1 MT

Reprodução

fiemt.jpg

 

A perspectiva é de que o crescimento das indústrias nos próximos 10 anos seja maior mais do que o registrado nas últimas duas décadas em Mato Grosso. O futuro e o destino do setor foram discutidos durante um evento realizado, nesta quinta-feira (27), pela Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt).

Guga Stocco, considerado um dos maiores especialistas em futurismo e tecnologia do Brasil, foi um dos palestrantes. Segundo ele, o debate foi em torno do consumidor do futuro e a aceleração do mundo digital.

“Falamos também de todo o impacto que a pandemia trouxe e essa aceleração do mundo digital. O consumidor se tornou muito mais digital dentro de casa. Outro ponto importante abordado são as construções do futuro”, disse.

 

Inteligência artificial, realidade aumentada e armazenamento de dados em nuvem marcam a evolução — Foto: Divulgação
Inteligência artificial, realidade aumentada e armazenamento de dados em nuvem marcam a evolução — Foto: Divulgação

 

A evolução é marcada pela conectividade, inteligência artificial, acompanhamento e controle em tempo real, novos arranjos, novas competências, novas relações de trabalho.

Todas essas mudanças devem considerar a preocupação com o meio ambiente, apesar do avanço em tecnologia. Segundo a Fiemt, a chegada da inteligência artificial vai aguçar a criatividade dos seres humanos.

Em 10 anos, a maior parte do poder de compra no país deve estar concentrada nas mãos dos 'millennials' e da 'Geração z', que é um público que busca não apenas a qualidade e preço, mas também engajamento, pertencimento e identificação com o propósito das marcas que consome.

O presidente da Fiemt, Gustavo Oliveira, disse que as indústrias mato-grossenses têm tudo para ser como a 'Geração Z', “ainda que com sotaque do campo”.

“O futuro ainda não existe. Nós é que precisamos definir aonde queremos chegar, planejar o caminho e executar o plano. E a indústria de Mato Grosso está a postos para transformar nossas grandes oportunidades em realizações concretas”, ressaltou.

 

Crescimento

A presença da indústria mato-grossense no contexto nacional quase dobrou em dez anos. Mato Grosso teve o sétimo maior crescimento na participação industrial no país.

Atualmente, 11 mil indústrias estão instaladas no estado, gerando empregos para mais de 140 mil pessoas.

 

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia