MATO GROSSO, 20 de Junho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,44 / EURO 5,85 / LIBRA 6,92

economia Segunda-feira, 21 de Junho de 2021, 10:56 - A | A

Segunda-feira, 21 de Junho de 2021, 10h:56 - A | A

Economia

Indústria de sorvetes aposta em expansão e investe em nova fábrica em Primavera do Leste

As obras tiveram início na semana passada e a previsão é que as atividades se iniciem nos próximos 12 meses

Hernandes Cruz
Primavera do Leste

Uma fábrica de sorvetes vai gerar pelo menos 240 empregos diretos e 50 indiretos em sua nova unidade em Primavera do Leste (Localizada a 230 km de Cuiabá). A instalação será em um espaço de com área total de 17.200 m², às margens da BR-070, no Distrito Industrial IV - Adivino Castelli. As obras tiveram início na semana passada e a previsão é que as atividades se iniciem nos próximos 12 meses.

De acordo com João Carlos Bordin, diretor-administrativo e sócio-proprietário da Gebon Sorvetes, a escolha de Primavera para receber a nova instalação foi estratégica, já que a cidade é referência no Brasil pelo grande potencial econômico. “A cidade possui uma logística perfeita para atendermos todo Mato Grosso e Goiás, onde já atuamos. Além disso, a atenção aplicada do executivo municipal, principalmente do senhor prefeito Leonardo, foi decisiva para isso acontecer, pontua Bordin.

O prefeito Léo Bortolin (MDB) explica que o município tem feito esforços contundentes para atrair novas empresas para cidade e gerar mais emprego e renda à população. “Somos parceiros de todo empreendimento que está disposto a somar conosco. A Gebon é referência no mercado e agregará muito a Primavera, provocando um efeito multiplicador na economia, com mais investimentos, arrecadação de impostos para o município, e ainda mais emprego e renda para todos”, diz.

A matriz está localiza no Paraná há mais de 25 anos. Em Primavera do Leste, a empresa está desde 2015, com vendas dos produtos em diversos pontos, em locais próprios e em conveniências, restaurantes e supermercados. Com a nova fábrica, os produtos serão destinados para diversas regiões do Brasil.

Na nova sede, serão investidos seis milhões em infraestrutura e novos equipamentos industriais. A câmara fria terá um tamanho de 1.200 metros quadrados. O espaço total construído passará dos 7 mil m².

A expectativa da empresa é aumentar a produção de picolés e sorvetes de massa em até 10 vezes, em comparação com a feita atualmente. Segundo Bordin, a produção de sorvetes na fábrica de Primavera do Leste, representa em litros de calda base quatro mil litros dia e com a ampliação nos próximos 5 anos, a expectativa é de alcançar de 20 mil litros dia.

No portfólio estão um mix de produtos produzidos por tecnologia de última geração importada da Itália e da Dinamarca. "Nossos produtos são de altíssima qualidade, comparáveis às melhores marcas multinacionais líderes de mercado", destaca Bordin.

O processo de recrutamento de mão de obra iniciará somente no próximo ano. As oportunidades são para todos os níveis de escolaridade, passando pelo fundamental, médio, técnico e superior. Entre as áreas estão logística, química e/ou engenharia de alimentos, qualidade, operadores de máquinas e equipamentos, motoristas, comercial, financeiro e outras. Os currículos poderão ser encaminhados por e-mail no endereço [email protected].

Para saber mais sobre a Gebon, acesse: www.gebon.com.br

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia