23 de Julho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,57 / EURO 6,07 / LIBRA 7,20

x da questão Terça-feira, 16 de Março de 2021, 08:22 - A | A

Terça-feira, 16 de Março de 2021, 08h:22 - A | A

EMANUEL PEDIU!

Igreja Assembleia de Deus suspende evento nacional que reuniria 15 mil pessoas em Cuiabá

Redação

 

 

A igreja Assembleia de Deus divulgou vídeo nas redes sociais informando a suspensão da realização de sua Convenção Geral marcada para ocorrer entre os dias 19 a 23 de abril, em Cuiabá. O evento reuniria cerca de 15 mil pessoas de todo o Brasil, entre pastores, esposas e filhos.  Em fevereiro, quando foi anunciado, já haviam mais de sete mil inscritos. 

Segundo o presidente nacional das Assembleias de Deus, pastor José Wellington Bezerra Júnior, a suspensão atenderia um pedido feito pelo prefeito da capital, Emanuel Pinheiro.

"A reunião presencial está prejudicada. Não temos como fazer os deslocamentos (...). Recebemos um pedido do prefeito da cidade de Cuiabá para que nós adiássemos (...). Estamos trabalhando neste sentido. Ainda não oficializei a decisão porque dependemos de uma decisão legal, também, porque finda o mandato dessa Mesa Diretora dia 30 de abril (...). Uma nova Mesa tem que assumir (...). Dentro de poucos dias, máximo a semana que vem, segunda ou terça-feira, estarei me pronunciando oficialmente sobre qual é a decisão que a CGDB vai tomar, mas uma coisa já é certa: o evento presencial não vai ser possível", explicou o presidente.

A informação do convenção em Cuiabá causou repercussão negativa em veículos de comunicação e nas redes sociais, já que a capital mato-grossense vive um dos seus piores momentos na pandemia da Covid-19. 

Um grupo de pastores, acompanhado pelo deputado Tiago Silva, chegou a fazer um convite oficial para que o governador Mauro Mendes participasse da programação.  

 

Confira o anúncio:

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP

Vídeo



Comente esta notícia