MATO GROSSO, 17 de Junho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,38 / EURO 5,76 / LIBRA 6,82

política Quarta-feira, 30 de Junho de 2021, 15:21 - A | A

Quarta-feira, 30 de Junho de 2021, 15h:21 - A | A

POLÍTICA

Medeiros solicita a Bolsonaro doses extras de vacina para região de fronteira

Assessoria

Reprodução

WhatsApp Image 2021-06-30 at 15.52.15.jpeg

 

O deputado federal José Medeiros (Podemos) solicitou ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vacinas extras para reforçar a imunização contra o covid-19 nos municípios de Mato Grosso que fazem fronteiras com a Bolívia.  A solicitação foi feita nesta quarta-feira (30) após a inauguração da estação radar de monitoramento do tráfego aéreo na região de fronteira em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, onde Medeiros participou a convite do presidente Bolsonaro. 

“Temos uma extensão muito grande de fronteira, principalmente a seca que é de 750 quilômetros. Diante disso, precisamos reforçar a vacinação nos municípios que estão mais vulneráveis em função da grande circulação de pessoas oriundas de outros países. O presidente está sensível a essa necessidade e vai analisar junto com o Ministério da Saúde a possibilidade de enviar doses extras da vacina para que Mato Grosso possa realizar a imunização em massa nos municípios de fronteira”, disse Medeiros.  

Apesar das medidas de segurança adotadas na região de fronteira de Mato Grosso e da Bolívia, o deputado federal destaca o desafio dos gestores municipais, principalmente no que diz respeito ao tratamento do novo coronavírus e a imunização das pessoas.

“Várias medidas foram tomadas pelo governo brasileiro e boliviano para evitar o aumento de casos na região de fronteira. Agora, precisamos reforçar a imunização. Outra ação é agilizar a distribuição das vacinas que são enviadas pelo governo Federal. Não podemos admitir a demora na distribuição dos imunizantes para os municípios e nem o atraso na aplicação deles”, frisa Medeiros, que é vice-líder do governo Bolsonaro na Câmara Federal.

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia