15 de Julho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,46 / EURO 5,96 / LIBRA 7,10

geral Sexta-feira, 07 de Junho de 2024, 11:44 - A | A

Sexta-feira, 07 de Junho de 2024, 11h:44 - A | A

'TRIBUNAL DO CRIME'

Membros de facção que mantinham vítimas em cárcere em VG são presos

Assessoria

 

Polícia Civil MT

1

 

 

Quatro integrantes de uma associação criminosa, que mantinham vítimas em cárcere privado durante uma possível sessão do tribunal do crime, foram presas em flagrante pela Polícia Civil, na tarde de quinta-feira (06.06), em ação realizada pelos policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Várzea Grande.

Os suspeitos, presos em uma residência no bairro São Simão, foram atuados em flagrante pelos crimes de associação criminosa, cárcere privado, posse ilegal de arma de fogo e munições de uso restrito e receptação.

As investigações iniciaram após uma mulher procurar a Derf-VG, muito assustada, relatando que seu irmão e seu marido haviam sido sequestrados e que estavam sendo mantidos em cárcere em uma residência no bairro São Simão, em Várzea Grande.

Segundo as informações, o irmão e o marido da comunicante haviam saído para ir até um posto de gasolina, porém algum tempo depois, ela recebeu uma mensagem de texto com uma localização e pedindo que procurasse a Polícia.

Com base nas informações, os policiais da Derf-VG saíram em diligências até o endereço, cercando a casa, momento em que os quatro suspeitos tentaram fugir pulando muros, porém foram detidos pela equipe policial, que já estava posicionada. No local, foi apreendida uma arma de fogo, tipo pistola. 40, furtada de um policial militar no ano de 2021.

Questionados, os suspeitos disseram que tinham como alvo apenas uma das vítimas, que estaria envolvido no desaparecimento do pai de um dos integrantes do grupo. Todos os suspeitos presos no local possuem passagens anteriores, por crimes como tráfico de drogas, associação para o tráfico, roubo, porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa.

Diante dos fatos, os suspeitos foram conduzidos à Derf-VG, onde após serem interrogados foram autuados em flagrante pelos crimes de associação criminosa, cárcere privado, posse ilegal de arma de fogo e munições de uso restrito e receptação.

 

 

 

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia