14 de Julho de 2024

cotações: DÓLAR (COM) 5,43 / EURO 5,93 / LIBRA 7,05

cidades Sexta-feira, 19 de Março de 2021, 16:55 - A | A

Sexta-feira, 19 de Março de 2021, 16h:55 - A | A

Fake News

Carta de empresários que critica suposto lockdown em Primavera do Leste é falsa

WhatsApp Image 2021-03-19 at 15.48.15.jpeg

 

Circula nas redes sociais e grupos de whatsapp uma falsa carta de empresários que critica o lockdown em Primavera do Leste. No texto, que não tem assinatura de quaisquer entidades comerciais, é incentivado que a população não siga as regras de e enfrentamento a pandemia.

O mesmo texto vem circulando nas redes sociais adaptado para várias cidades, a exemplo de Joinville (SC), Goiânia (GO), Juiz de Fora (MG), Ribeirão Preto (SP), Araguaína (TO), Umuarama (PR), entre outras.

Consultado, o prefeito Leonardo Bortolin disse à reportagem que os comerciantes estão permitidos de funcionarem desde que respeitem as normas do decreto impositivo, publicado pelo Governo do Estado. "A cidade nunca esteve em lockdown. O que fizemos, desde o início da pandemia, foi investir e muito nas estruturas de enfrentamento ao COVID e a adoção de medidas para conter o avanço do vírus", explica.

Vale destacar que o Governo de Mato Grosso prorrogou as medidas restritivas impostas para conter o avanço da covid-19 até o dia quatro de abril. A decisão está publicada no Diário Oficial da última terça-feira (16.03). Em Primavera do Leste, o município, seguindo o executivo estadual também seguirá com as restrições no mesmo prazo.

Hoje a cidade conta com o Comitê de Combate e Enfrentamento a Covid-19. Integram representantes de diferentes entidades e juntos trabalham para que as ações sejam aplicadas de forma que nenhum segmento sofra prejuízo e que a doença possa ser contida, tanto que em vários momentos em que cidades de Mato Grosso decretaram lockdow, a cidade de Primavera em nenhum momento parou suas atividades comerciais, industriais e agrícolas.

Até o momento, Primavera do Leste registra 165 mortes pela Covid-19 e está com as enfermarias e UTI's lotadas para novas internações.

Nossas notícias em primeira mão para você! Link do grupo MIDIA HOJE: WHATSAPP



Comente esta notícia